Voto de uma Irmã

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

RECEBI este dia dois livros e uma carta da Irmã, que se prepara para fazer sua profissão, e, por causa disso, deseja as orações de sua santa sociedade e a sua em particular. 

Percebo que ela calcula muito sobre eles; reze não a desaponte. 

Implore por DEUS que ela possa fazer seu sacrifício somente na visão do amor Dele e com uma firme resolução de ser totalmente dedicado a ele.

Eu lhe enviarei um daqueles livros que tratam da presença de DEUS; um assunto que, na minha opinião, contém toda a vida espiritual; e parece-me que quem quer que pratique logo se tornará espiritual.

Sei que, para a prática correta, o coração deve estar vazio de todas as outras coisas; porque DEUS possuirá o coração sozinho; e como Ele não pode possuí-lo sozinho, sem esvaziá-lo de todos os outros, assim também não pode agir ali, e fazer nele o que lhe agrada, a menos que seja deixado vago para ele.

Não existe no mundo um tipo de vida mais doce e prazerosa do que a de uma conversa contínua com DEUS: esses só podem compreendê-lo, praticá-lo e experimentá-lo; contudo, não aconselho que façam a partir desse motivo; não é prazer que devemos procurar neste exercício; mas vamos fazê-lo a partir de um princípio de amor e porque Deus nos quer.

Se eu fosse um pregador, eu deveria, acima de todas as outras coisas, pregar a prática da presença de DEUS; e se eu fosse um diretor, deveria aconselhar todo o mundo a fazê-lo: tão necessário, penso, e tão fácil também.

Ah! Sabíamos que nós, mas a falta que temos da graça e da ajuda de Deus, nunca devemos perder de vista dele, não, nem por um momento. 

Acredite em mim; faça imediatamente uma resolução santa e firme nunca mais intencionalmente para esquecê-Lo, e passe o resto de seus dias em Sua presença sagrada, privada do amor Dele, se Ele achar adequado, de todos os consolos.

Defina cordialmente este trabalho e, se o fizer como deve, assegure-se de que logo encontrará os efeitos dele. 

Vou ajudá-lo com minhas orações, pobres como elas são: eu recomendo-me sinceramente a sua, e aqueles de sua sociedade santa.

Deixe um comentário