Professora heroína: docente comete ato de coragem para salvar vida de alunos em massacre no Texas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram

Massacre no Texas é considerado o maior ataque a uma escola dos Estados Unidos desde outro caso de 2012.

Os alunos identificados até o momento são Xavier Lopez, Navaeh Bravo e Amerie Jo Garza, de 10 anos; e Uziah Garcia, de 9 anos. As duas professoras que faleceram vítimas do atirador são Irma Garcia e Eva Meireles. O atirador faleceu no local do incidente depois de uma troca de tiros com a polícia. As motivações, que teriam levado ao massacre, estão sendo investigadas.

Professora salvou vida de crianças em massacre no Texas

A docente Irma Garcia trabalhava na escola Robb Elementary School há 23 anos. De acordo com o filho dela, em entrevista concedida para a rede de televisão americana NBC, policiais que estavam no local do ataque viram que ela se deitou sobre as crianças para protegê-las.

O sobrinho dela, John Martinez, fez uma publicação em seu Twitter dizendo que sua tia é uma verdadeira heroína. A publicação do rapaz atingiu quase um milhão de curtidas, mais de 140 mil compartilhamentos e milhares de comentários.

“Minha tia não conseguiu, ela se sacrificou protegendo as crianças em sua sala de aula, eu imploro para você manter minha família incluindo toda a família dela nas orações de vocês, IRMA GARCIA É O NOME DELA e ela morreu uma HERÓINA. Ela era amada por muitos e fará muita falta”, escreveu ele na publicação.

Massacre no Texas é um dos maiores dos Estados Unidos

O incidente que aconteceu na cidade de Uvalde é um dos maiores dos Estados Unidos, sendo considerado o mais grave desde o ataque à escola Sandy Hook, em Connecticut, no ano de 2012, quando um atirador tirou a vida de 26 pessoas, entre elas 20 alunos de 6 e 7 anos.

🙏 Envie esse texto para pessoas queridas ❤️
Compartilhar no whatsapp
ENVIE PARA ALGUÉM
Compartilhar no whatsapp
ENVIAR PARA GRUPO

Deixe um comentário

Rolar para cima