Marido de Paulinha Abelha fala pela primeira vez após morte da cantora

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram

Clevinho Santos estava casado desde 2018 com a vocalista do Calcinha Preta, que morreu, aos 43 anos, na última quarta-feira (23/02)

Clevinho Santos, marido de Paulinha Abelha (1978-2022), falou pela primeira vez sobre a morte da cantora na madrugada desta quinta-feira (24/02).

A vocalista da banda de forró Calcinha Preta morreu na última quarta (23/02), aos 43 anos de idade em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico.

 

“O Hospital Primavera comunica, com pesar, que a cantora Paula de Menezes Nascimento Leça Viana, Paulinha Abelha, faleceu hoje às 19h26 em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico. Nas últimas 24 horas apresentou importante agravamento de lesões neurológicas, constatadas em ressonância magnética, associado a coma profundo. Foi então iniciado protocolo diagnóstico de morte encefálica, que confirmou hipótese após exames clínicos e complementares específicos”, informou o comunicado enviado pelo hospital.

 

O modelo publicou no Instagram uma montagem da artista com roupas brancas e asas de anjo. “Eu te amarei para sempre”, declarou na legenda da publicação. Clevinho ainda mudou a foto de perfil, substituindo por uma do casal em preto e branco, em sinal de luto. O casal estava junto desde 2018 e não teve filhos.

A morte de Paulinha foi recebida com pesar pelo cenário midiático nacional. Além do marido, amigos e famosos também postaram homenagens e despedidas à cantora. O perfil oficial da artista publicou um texto de despedindo da vocalista nas redes sociais.

 

“É com profunda tristeza que comunicamos que a nossa querida Paulinha Abelha nos deixou e partiu para o outro plano. Com certeza já está nos braços do Pai”, iniciou.

 

“Nenhuma palavra será suficiente para expressar o sentimento de imensurável de dor pela perda deste ser de luz. Muita honra para todos nós termos compartilhado a vida, a arte, a voz, a alegria, a amizade, o sorriso… Tantos momentos que ficarão na lembrança de cada um de nós. Vá em paz!”, continuou.

 

“Paulinha respirava a sua família, a arte e cultura, os fãs, o palco… Ela era tão leve que o seu pouso nesta existência foi breve. Mas o suficiente para polinizar amor e paz em abundância”, recordou.

“Foram 30 anos de carreira profissional e mais de duas décadas dedicadas a banda Calcinha Preta. E será eterna a sua colaboração na nossa música, na nossa vida”, finalizou o comunicado.

 

 

 

 

 

 

 

🙏 Envie esse texto para pessoas queridas ❤️
Compartilhar no whatsapp
ENVIE PARA ALGUÉM
Compartilhar no whatsapp
ENVIAR PARA GRUPO

Deixe um comentário

Rolar para cima