Piolho de cobra: o que é e quais são seus riscos?

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram

Nesta semana, o caso de uma mulher que ficou com os dedos roxos e a unha amarela acabou chamando a atenção. A reação inusitada foi causada pela picada de um animal conhecido como “piolho de cobra”.

Segundo informações, a mulher calçou um sapato sem perceber a presença do animal e acabou sendo picada.

Thassynara Vargas nem percebeu que havia tocado em algo estranho. Ela, que tem 25 anos, só se deu conta do problema quando tirou o calçado e levou um susto: sua unha estava amarela, enquanto seus dedos estavam roxos.

Imediatamente a jovem se preocupou e teve medo de que algo mais grave pudesse estar acontecendo, mas a resposta para o mistério era muito mais simples do que ela poderia imaginar.

Se perceber, Vargas calçou um sapato e acabou ficando com o pé em contato com o bicho, que é um tipo de gongolo.

Apesar do susto, o animal não oferece riscos graves a saúde humana. Vargas compartilhou sua experiência pelas redes sociais e acabou viralizando. Pouco tempo depois, no entanto, ela atualizou os seguidores com imagens do pé melhorando a coloração.

A imagem original, onde o dedo da jovem aparece roxo espantou muita gente. A imagem é realmente bastante desconcertante, mas será que o problema é assim tão grave? Felizmente para Thassynara, a resposta é não. Mas afinal de contas, o que é esse tal piolho de cobra?

DA FAMÍLIA DOS GONGOLOS

Você conhece aquele animal cumprido, cheio de patinhas que se enrosca sempre que é tocado? Se trata de um tipo de gongolo que, muitas vezes, pode causar grande espanto por ser confundido com lacraias.

Ao contrário das primas assustadoras, esses animais não tem garras e nenhum tipo de veneno. Sendo assim, entrar em contato com um deles pode ser desagradável, mas não é grave.

Piolhos de cobra geralmente se procriam em ambientes úmidos e procuram por esses locais para permanecer. Eles são muito encontrados tanto em áreas rurais, quanto em áreas urbanas. Apesar do nome, esses animais não vivem perto de cobras e não são piolhos.

Então de onde vem a coloração roxa que atingiu o pé da jovem? Bem, os gongolos não possuem veneno mas são capazes de liberar uma toxina que reage com a pele humana. Segundo o Instituto Butantan, essa toxina não oferece risco à saúde humana, mas pode causar o transtorno da coloração. Essa liberação de toxina acontece quando o animal é esmagado – então, a jovem Thassynara deve ter esmago o bicho com o pé.

Como meio de sobrevivência, este animal também é capaz de liberar cianeto de hidrogênio quando se sente ameaçado.

Para lidar com o problema, não é preciso nervosismo, basta lavar a área atingida com água e sabão. Depois disso, o ideal é observar a evolução do quadro, mas provavelmente você não vai precisar de atendimento médico.

Os piolhos de cobra não são perigosos, mas podem causar transtorno quando se concentram em grandes populações. Para manter o controle, basta manter a higiene ao redor de casa e evitar pontos de umidade.

🙏 Envie esse texto para pessoas queridas ❤️
Compartilhar no whatsapp
ENVIE PARA ALGUÉM
Compartilhar no whatsapp
ENVIAR PARA GRUPO

Deixe um comentário

Rolar para cima